Fabricante Global de Peças Automotivas escolhe a SECO/WARWICK

Fabricante Global de Peças Automotivas escolhe a SECO/WARWICK

Um fabricante global de peças automotivas adquiriu um forno para alto vácuo, 2 bar da SECO/WARWICK que será dedicado à operações de brasagem em suas novas instalações, localizada no sudeste dos Estados Unidos. O cliente informou que a escolha foi feita porque a SECO/WARWICK foi capaz de fabricar um sistema totalmente personalizado, com uma entrega muito rápida, em tempo para a inauguração das novas instalações. O sistema foi aprovado em dezembro último, durante os testes on-site, na planta da SECO/WARWICK de Meadville, PA, nos EUA.

Michael Lister, Líder da equipe de vácuo da SECO/WARWICK, observou que este forno para alto vácuo é ideal para tratamento térmico comercial e cativo, bem como para operações de brasagem e na indústria aeroespacial. De acordo com Lister, “Estas unidades são exclusivas para a indústria, projetadas com o nosso anel de aperto linear, além de outros componentes chave, que não necessitam de vedações no eixo rotativo. Ao eliminarmos as vedações no eixo rotativo, somos capazes de reduzir o número de pontos críticos de vazamento de vácuo para nossos clientes, que estão preocupados com a máxima funcionabilidade e disponibilidade”.

SECO/WARWICK projeta e fabrica fornos para alto vácuo equipados com resfriamento através de gás sob alta pressão para tratamento térmico de solubilização, recozimento, alívio de tensões, têmpera, desgaseificação, revenimento, homogeneização, envelhecimento e brasagem. Estes fornos operam na faixa de 10-2 a 10-6 torr e são comumente usados em uma ampla variedade de materiais incluindo o aço carbono, aço de baixa liga, aço resistente à corrosão com base em ferro, ligas com base em níquel e cobalto, titânio e ligas de titânio e ligas leve.

Cada unidade é equipada com um sistema interno de têmpera à gás e um sistema de CLP Allen-Bradley© com uma IHM Wonderware ™, que permite aos usuários atender as normas NADCAP, AMS2750, CQI 9, além de outras necessidades industriais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *