FAPESP busca empresas parceiras para criar Centro de Pesquisa em Engenharia na área de Manufatura Avançada

FAPESP busca empresas parceiras para criar Centro de Pesquisa em Engenharia na área de Manufatura Avançada

A FAPESP anunciará hoje (11/05), às 17h50, no estande Manufatura Avançada, na Expomafe 2017, a intenção de celebrar Acordos de Cooperação Científica e Tecnológica com empresas ou consórcio de empresas estabelecidas no Brasil para criar um Centro de Pesquisa em Engenharia na área de Manufatura Avançada.

Centros de Pesquisa em Engenharia são unidades sediadas em universidades e/ou institutos de pesquisa de São Paulo, constituídos em colaboração com empresas, com um programa de pesquisa na fronteira do conhecimento e internacionalmente competitiva, financiado por um período de até 10 anos.

O Centro de Pesquisa em Engenharia em Manufatura Avançada terá como objetivo desenvolver tecnologias que viabilizam não só a otimização de plantas fabris como também a extensão de aplicações integradas em toda a cadeia de valor e ciclo de vida do produto, em uma área fundamental para a competitividade da indústria.

As atividades do Centro serão financiadas com recursos da FAPESP, da empresa ou consórcio de empresas e das universidades e institutos participantes. A empresa parceira participará da gestão do Centro de Pesquisa em Engenharia e, junto com a FAPESP, avaliará periodicamente as suas atividades de pesquisa e desenvolvimento.

Nos próximos 90 dias, a FAPESP receberá propostas de empresas ou consórcio de empresas interessadas em participar da criação do Centro.

O parceiro selecionado firmará um Acordo de Cooperação Científica e Tecnológica com a FAPESP, qualificando-se para lançar, junto com a Fundação, chamada ou chamadas públicas para seleção das instituições de ensino superior e de pesquisa interessadas em integrar o Centro de Pesquisa em Engenharia em Manufatura Avançada.

Áreas prioritárias de pesquisa

As áreas prioritárias de Pesquisa & Desenvolvimento do Centro de Pesquisa em Engenharia em Manufatura Avançada são: Tecnologias de digitalização da manufatura (impressão 3D, manufatura híbrida etc.); Sistemas cyber-físicos (tecnologias de informação e comunicação, sistemas mecatrônicos para monitorar processos industriais); Robótica; Sensores e rastreadores; Internet das Coisas (IoT); Materiais avançados; Análise preditiva; Realidade aumentada; Inteligência Artificial; Computação de alta performance; Analytics e Big Data; Novos materiais e materiais inteligentes; e Fotônica.

 

Centros de Pesquisa em Engenharia já constituídos pela FAPESP

A FAPESP já apoia cinco Centros de Pesquisa em Engenharia, em parceria com quatro empresas:

– Centro de Pesquisas em Engenharia sobre Motores a Biocombustível, em parceria com a Peugeot-Citroën e sediado na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp);
– Centro de Pesquisa em Engenharia sobre Química Verde, em parceria com a GSK e sediado na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar);
– Centro de Pesquisa em Engenharia sobre Descoberta de Moléculas para Fármacos, também em parceria com a GSK e sediado no Instituto Butantan;
– Centro de Pesquisa em Gás Natural, em parceria com a BG/Shell e sediado na Universidade de São Paulo (USP);
– Centro de Pesquisa Aplicada sobre Bem-Estar Humano, em parceria com a Natura e também sediado na USP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *