Mecânica Nordeste já incrementa negócios para pequenas e grandes empresas

Mecânica Nordeste já incrementa negócios para pequenas e grandes empresas

Teve início nesta terça-feira (18), no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, a Mecânica Nordeste – Feira da Indústria Mecânica, Metalúrgica e de Material Elétrico da Região Nordeste, oportunidade para pequenas e grandes empresas de vários segmentos apresentarem suas novidades e fecharem negócios. A feira, cujo tema deste ano é “Automação Industrial e Eficiência Energética – O Futuro da Indústria”, é realizada pelo Sindicato das Indústrias Mecânicas, Metalúrgicas e de Material Elétrico de Pernambuco (Simmepe), com organização da Reed Exhibitions Alcantara Machado.

Muitos expositores já começam a ter resultados positivos. Poucas horas após a abertura dos portões, já era possível encontrar expositores com contratos fechados, resultado das primeiras negociações da Mecânica Nordeste 2016. Foi o caso da Indústria de Máquinas e Automação Jamapara (IMAAJ), do Estado do Rio Janeiro, que comercializou duas máquinas para envasamento nas primeiras duas horas. “Para nós, representa um ótimo começo, considerando a instabilidade econômica que estamos passando”, pontua Robson Dias Monteiro, representante da marca. Segundo ele, o investimento em participação de feiras é uma das melhores aplicações que a empresa faz, já que os resultados são percebidos até oito meses após os eventos.

Este ano, o Sebrae, parceiro das micro e pequenas empresas, ampliou sua atuação na feira. Está com uma área de 650 m², ocupada por 55 empresas da Região Metropolitana do Recife, Mata Norte e Sul do Estado. De acordo com a gestora de projetos, Maria Cândida Moreira, trata-se de empreendimentos com potencial para fornecimento de produtos e serviços inovadores, que estão em busca de novos negócios e de criar uma rede de relacionamento para o comércio.

É o caso da Casa Wildice, que há 93 anos trabalha com conserto e restauração de artigos em couro, sintético e tecido. Pela primeira vez, Terezinha de Jesus, filha do fundador e atual proprietária, e sua sobrinha Heloiza Alencar, gestora, participam da Mecânica Nordeste e estão otimistas com a oportunidade. “Estamos trabalhando para manter a empresa no mercado, ao mesmo tempo que oferecemos um serviço de qualidade e bom atendimento. Recentemente passamos, com orientação do Sebrae, por um processo de reestruturação, através da criação de um planejamento estratégico, melhorias no gerenciamento financeiro e modernização da infraestrutura, coisas que não fazíamos. A feira nos dá a chance de mostrar esse ofício, que resiste com o passar dos anos, aproveitando ainda esse momento da economia que já proporcionou um aumento de 30% na procura por nossos serviços”, registra Heloiza Alencar.

A Mecânica Nordeste também é ideal para as empresas apresentarem lançamentos e projetos inovadores. Um projeto pioneiro no Nordeste, desenvolvido pela GlobalSun, chama a atenção dos curiosos. Para estimular o uso de energia solar, os empresários montaram, recentemente, no município de Tacaimbó, no Agreste, uma fazenda de energia solar onde serão instaladas usinas com painéis fotovoltaicos e capacidade de geração de até 200 megawatts, por ano, para fornecer energia para todo o Estado. Pedro Nunes, um dos sócios, explica que o gasto com a energia elétrica é um dos maiores entraves para o crescimento de uma empresa, principalmente indústrias, e acredita que a investimento é válido.

“Com R$ 25 mil é possível desenvolver um projeto de energia solar para pequena empresa e, em Pernambuco, o retorno se dá num período de até seis anos”, prevê. A comercialização começou e a GlobalSun já tem contrato com quatro empresas pernambucanas. “Vemos na feira o espaço ideal para divulgarmos e fecharmos nossos negócios”, conclui com otimismo Pedro Nunes. No estande, os visitantes podem conhecer todo o processo de captação e geração de energia solar e ter acesso a financiamento.

A feira ocorre até esta sexta-feira (21), com cerca de 200 marcas nacionais e internacionais, de setores como automação, máquinas e equipamentos, energias renováveis, e elétrica e eletrônica. Além de contar com exposição de produtos e serviços inovadores, a feira oferece diversos projetos e ações de capacitação e atualização.

Um dos destaques são as palestras sobre a Indústria 4.0, que estão sendo realizadas na Ilha da Automação Industrial, espaço inovador da Mecânica Nordeste. Nesta quinta-feira (20), às 19h, haverá a palestra “Indústria 4.0: preparar, implementar e beneficiar”, com Rüdiger Leutz, CEO, diretor geral da Porsche Consulting.

Outros espaços de destaque do evento são a Ilha da Eficiência Energética, que expõe soluções em redução no consumo de energia e orientações para o uso de energias renováveis, e a Ilha do Conhecimento, que conta com workshops e apresentação de produtos e serviços.

Paralelo ao encontro das indústrias acontece a Feicon Batimat Nordeste e a Embala Nordeste. Informações sobre o evento estão disponíveis no site:www.mecanicane.com.br.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *