Stanley Black & Decker anuncia a compra da divisão de ferramentas da Newell Brands por US$ 1,95 bilhão

Stanley Black & Decker anuncia a compra da divisão de ferramentas da Newell Brands por US$ 1,95 bilhão

Uma das maiores fabricantes de ferramentas do mundo, a Stanley Black & Decker anuncia a compra global da divisão de ferramentas da Newell Brands por US$ 1,95 bilhão. A partir de agora, a companhia, detentora das marcas Black+Decker, Dewalt e Stanley, atua no mercado também com a Irwin, a Lenox e a Hilmor – esta última não está presente no Brasil.

Com a negociação, a empresa agrega mais de 3 mil novas ferramentas ao seu portfólio, que já possuía 3,6 mil itens, e passa a contar com duas fábricas no país: em Uberaba (MG), de Black+Decker, Dewalt e Stanley; e em Carlos Barbosa (RS), de Irwin e Lenox. Em 2017, a Stanley Black & Decker almeja obter, no Brasil, um crescimento orgânico de 15% em relação ao ano passado.

“Trata-se de uma grande movimentação de mercado, que envolve algumas das marcas mais respeitadas no segmento de ferramentas e acessórios”, afirma Paulo Martins, presidente da Stanley Black & Decker no Brasil. “Isso evidencia também a nossa confiança e o compromisso sólido com a recuperação econômica do país, além de fortalecer ainda mais a relação que temos com as revendas e os consumidores”, acrescenta.

Fabio Govina, diretor de Marketing da Stanley Black & Decker, explica que a expectativa da companhia é expandir todos os seus negócios, o que inclui não apenas a venda de ferramentas e acessórios, mas também o fortalecimento das marcas junto a distribuidores, revendedores e, principalmente, ao consumidor final. “Vamos utilizar toda a sinergia que temos com os nossos parceiros para estar presente de uma forma mais consistente em todo o país. Com a chegada da Irwin e da Lenox, temos um portfólio ainda mais amplo, com produtos que são referência em diversas categorias, o que colabora para a expansão de todas as nossas marcas”.

A empresa aposta que os grandes beneficiados com a negociação sejam os usuários de ferramentas, já que as inovações serão ainda mais frequentes e acessíveis, com soluções modernas trazidas do mercado mundial para o Brasil e também um leque de soluções desenvolvidas localmente – fato que, segundo Govina, confirma o compromisso de oferecer produtos adequados à realidade do país.

“Com todas essas marcas ícones em nosso portfólio, as revendas terão mais suporte e condições de oferecer sempre a melhor opção aos usuários dos nossos produtos. Toda a nossa estratégia de marcas estará voltada a atender os mais diversos perfis de público, englobando usuários ocasionais, profissionais generalistas e especializados, além dos usuários industriais que buscam melhorar a eficiência e a produtividade no seu trabalho”, finaliza o diretor de Marketing.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *